Email:   Pass: 
 
Dinocart - Ecommerce System
  Inicío  »   Santo Isidoro
 Freguesias  
AzueiraCarvoeiraCheleirosEncarnaçãoEnxara do BispoEriceiraGradilIgreja NovaMafraMalveiraMilharadoS. Miguel de AlcainçaSanto IsidoroSobral da AbelheiraStº Estêvão das GalésVenda do PinheiroVila Franca do Rosário
 Lojas / Serviços  
   
Santo Isidoro Santo Isidoro
(0)
Agro-Alimentar
(1)
Automóvel e Motos
(0)
Beleza
(4)
Comércio
(0)
Cultura e Lazer
(0)
Desporto
(0)
Ensino e Educação
(1)
Hotelaria e Restauração
(2)
Imobiliário e Construção
(0)
Industria
(1)
Inst. e Org. Públicos
(0)
Lar, Decoração e Manutenção
(0)
Saúde e Beleza
(0)
Serviços
(0)
Tec. Informação e Comunicação
(0)
Turismo
Brasão
Santo Isidoro

População:  2 992 habitantes
Área:  24,83 km²
Densidade populacional:  120,5 hab/km²
Actividades económicas:Indústria, comércio, cerâmica, avicultura, suinicultura, agricultura e panificação.
Padroeiro: Santo Isidoro
Festas e Romarias: Festa dos Merendeiros (anual), Festa de Nossa Senhora da Nazaré (17 em 17 anos) e Santo Isidoro (4 de Abril).
Feiras: S. Miguel (29 de Setembro)
Património cultural e edificado: Igreja matriz e ruínas de Paço D'Ilhas
Colectividades: Rancho Folclórico de Monte Godel, Associação de Moradores de Ribamar e Grupo Cultural e Recreativo de Casais de Monte Bom.
Artesanato: Cerâmica

O nome da freguesia é um hagiotopónimo, Santo Isidoro, provavelmente ligado a cultos pagãos muito antigos adoptados ou adaptados pelo cristianismo. Aliás, a topografia confirma a antiguidade do seu povoamento. A nível eclesiástico, esta freguesia foi um curato da apresentação dos fregueses. Tinha o seu cura, de rendimento anual, um moio de pão meado e uma pipa de vinho ou seis mil réis em dinheiro.

Um dos lugares mais pitorescos desta freguesia é o de Safarujo. Uma pequena e típica aldeia, encravada numa das vertentes que dão ao rio do mesmo nome, em frente à povoação de S. Domingos. Um “Carrilhão” de Outubro de 1990 dava conta do processo que vai sendo levado a cabo na freguesia: “Dado curioso é que esta aldeia tem vindo a ser recuperada (não estragada), mas só por caturrice das poucas pessoas que aí vivem ou que passam alguns dias repousantes.”


Loading


Alcobaça   Alenquer   Arruda dos Vinhos   Batalha   Bombarral   Cadaval   Caldas da Rainha   Lourinhã   Leiria   Nazaré   Óbidos   Peniche   Sobral   Torres Vedras